terça-feira, 17 de julho de 2018

Edward Norton critica Marvel por roteiro ruim em 'O Incrível Hulk'



Edward Norton foi o primeiro ator a dar vida ao 'Incrível Hulk' nos cinemas e no último fim de semana, o astro participou do programa cômico 'Roast of Buce Willis', que reuniu uma série de amigos e colegas de elenco do veterano, que tiraram um momento para ridicularizá-lo com piadas e ácidas críticas.

Na ocasião, Norton - que trabalhou com Willis em 'Moonrise Kingdom' - aproveitou a oportunidade e fez duras críticas à Marvel e ao filme 'Incrível Hulk'.

Ele pontuou que seu comportamento era difícil porque estava irritado e queria um roteiro melhor para a produção.

"Eu queria um roteiro melhor", disse Norton.



Fonte.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

HELIOS, a nova arma que Tony Stark usará para deter O IMORTAL HULK!


Arte não finalizada by Joe Bennett

Blog de trabalho de Al Ewing para "The Immortal Hulk".


Hulk se torna mais forte...e mais forte...e mais forte ainda!

Al Ewing Workblog.

domingo, 15 de julho de 2018

sábado, 14 de julho de 2018

Blog de trabalho de Al Ewing para "The Immortal Hulk".


O poder do Hulk pertence ao Banner... nenhum outro terá permissão para usá-lo!

Al Ewing Workblog.

[ATUALIZADO] - O INCRÍVEL HULK - Primeira Temporada para download.



Clique aqui para ser redirecionado para a pasta contendo todos os episódios da primeira temporada.

O Incrível Hulk - Episódio Piloto, parte 1
O Incrível Hulk - Episódio piloto, parte 2
(após finalizar o download das duas partes, descompacte o arquivo usando o programa WinRAR)

Dublado.

_____________

Morte em Família - parte 1
Morte em Família - parte 2
(após finalizar o download das duas partes, descompacte o arquivo usando o programa WinRAR)

Dublado.

_____________

O Último Assalto

Dublado.

_____________

O Animal Interior

Dublado.

_____________

Culpas, Modelos e Crimes

Dublado.

_____________

Terror em Times Square

Dublado.

_____________

747 - parte 1
747 - parte 2
(após finalizar o download das duas partes, descompacte o arquivo usando o programa WinRAR)

Dublado.

_____________

Hulk Ataca Las Vegas

Dublado.

_____________

Motoristas sem Sorte

Dublado.

_____________

Vida e Morte

Dublado.

_____________

Terremotos Acontecem.

Dublado.

_____________

Reportagem nas Docas

Dublado.

_____________

Fonte: Spawn-Share.

Postagem fixada na Comunidade "Caverna do Hulk Blogspot".

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Chegando na próxima semana...


Data de lançamento: 18 de Julho de 2018.

Blog de trabalho de Al Ewing para "The Immortal Hulk".


Bruce Banner não é nada sem o Hulk.

Al Ewing Workblog.

Arte e capa de "The Immortal Hulk".


"Immortal Hulk" #6 by Lee Garbett.


Arte de Lee Garbett.


Capa de Ron Garney.

O segredo por trás do sucesso de "The Immortal Hulk".



As constantes mudanças no Hulk ao longo dos 55 anos que o transformou em um multifacetado personagem da Marvel
(A evolução de Bruce Banner conforme os escritores que o tornaram um personagem grandioso).

O Hulk retornou às raízes com "Immortal Hulk", o conceito original do personagem foi trazido de volta - o que aconteceria em um cruzamento entre O Médico e o Monstro, O Monstro de Frankenstein, um Lobisomem e uma bomba atômica? - ainda sendo jogado com os elementos do horror.

As encarnações do Hulk remetem ao estado emocional de Banner, o Hulk pode ser cinza, verde, articulado, incoerente, aventureiro ou um personagem de apoio em uma equipe super-heroica.

"A grandiosidade do Hulk está em sua simplicidade - quando Banner se enfurece, ele se transforma no Hulk e esmaga tudo. E quanto mais furioso ele fica, mais forte ele se torna," diz o escritor Greg Pak, cujo trabalho no personagem serviu de grande inspiração para o filme "Thor: Ragnarok".

"O elemento da raiva se tornou a regra básica que providenciaria histórias do Hulk de todos os tipos".
(Greg Pak)


(A Grande Expansão)

Em 1962 a ideia inicial era Bruce Banner se transformar no Hulk durante a noite, já nas edições seguintes as transformações ocorriam por intermédio de um maquinário gama que Banner usava para se transformar sempre que necessário.

"O Hulk é oposto dos demais personagens da Marvel, ele é uma força destruidora, ninguém sabe o que fazer com ele, mas aos poucos ele se torna alguém reconhecível".
(Al Ewing)

Após suas seis primeiras edições, o Hulk sempre foi o antagonista nas HQs dos demais personagens, ele foi manipulado por Loki apenas pelo fato dele não fazer parte dos Vingadores considerando como ele era tratado pelos mesmos. Após ser substituído pelo Capitão América, o Hulk se tornou o vilão na HQ do Quarteto Fantástico dividindo o espaço com o Gigante e Namor na antológica "Tales To Astonish"


'Não me irrite...não iria gostar de me ver zangado!"

Após alguns anos tumultuosos, o Hulk seria reconhecido por nós em uma adaptação televisiva, que foi ao ar no ano de 1978 à 1982. A narração que abre cada episódio de "O Incrível Hulk" é bastante simples: "Quando David Banner - (detalhe na alteração por parte do nome) - se enfurece ou se sente ultrajado, transforma-se e tem que que enfrentar a sua maldição. Tais regras básicas serviriam tanto para o seriado como para as HQs.

"Na verdade esse discurso foi alterado para o 'Hulk Esmaga' que todos nós conhecemos, fixando mais do que nunca Banner e Hulk como duas personalidades sólidas...

...naturalmente, isso não seria o fim de tudo."
(Al Ewing)

Com o fim do seriado, os fãs passaram a garantir HQs do Hulk com a temática "esmaga" proporcionada por Bill Mantlo & Sal Buscema. No arco "Encruzilhada", vimos um Hulk irracional exilado para uma dimensão interdimensional após Banner cometer um suicídio psíquico, a história de Mantlo no limbo interdimensional teve duração aproximada de um ano em histórias onde o Hulk era apenas um animal guiado por instinto, saltando entre realidades lutando contra monstros gigantescos, personagens de contos de fada e parasitas cósmicos.

"Encruzilhadas foi algo que fugiu muito do tradicional, mas que serviu para contar histórias de diferentes tipos", diz o roteirista Greg Pak.

"O Hulk aparece em HQs de super-heróis, portanto ele pode ser considerado um. Mas ele também trabalha totalmente fora dessa estética, da ficção científica à era atômica. O Médico e o Monstro com a maldição do Lobisomem firmam o Hulk no gênero do horror."
(Greg Pak)

Em 2006 Greg Pak escreveu um conto chamado "Planeta Hulk" - uma história que levaria o Hulk para um planeta alienígena após ser exilado da Terra pelos heróis. Nesse planeta o Hulk é capturado e forçado a lutar e uma arena de gladiadores. Ele forma um pacto de guerra com Korg e outros seres liderando-os para uma resistência ao tirânico líder. A inspiração para "Thor: Ragnarok".


(O Hulk se torna o gladiador do Planeta Sakaar)

Nesse planeta o Hulk encontrou o seu mais novo amor, mas que devido suas trágicas circunstâncias o levaria para a sua guerra contra o mundo, onde descobriríamos se ele é um herói, ou um monstro? Chegando finalmente na pergunta de "Immortal Hulk"...ele é um homem? Um monstro? Ou ele é ambos? O lado monstruoso do Hulk é um lado da questão, que torna o Hulk um herói tanto quanto o tubarão do clássico de Spielberg.

"Eu sempre gostei de personagens que apesar de monstros podem se redimir."
(Greg Pak)

O verdadeiro monstro de Planeta Hulk é o soberano/ditador Rei Vermelho, mas a partir do momento em que o Hulk retorna para a Terra e vemos o quão bruto ele é em suas ações, o comportamento monstruoso do personagem acaba falando mais alto.

"Uma das minhas histórias favoritas do Hulk é a consequência dos atos raivosos e violentos. Nós todos adoramos o Hulk por ele esmagar, mas há sempre um preço a pagar por isso."
(Greg Pak)


(Hulk versus Hulk)

Durante 1987 à 1998, Peter David escreveu 134 edições de "O Incrível Hulk" incluindo anuais e minisséries. Pak e Ewing colocaram David no patamar da vozes definitivas do Hulk. As histórias caminham para diferentes gêneros, mas ao mesmo tempo mantendo os aspectos psicológicos do personagem. Segundo David, a personalidade do Hulk existia antes mesmo da explosão da bomba gama, como o resultado dos traumas de infância de Banner, diagnosticado como transtorno de identidade dissociativa, que ocasionaria em várias mudanças no personagem. Cujos precedentes ocorreriam antes da estréia do escritor.

Os vilões do Hulk nos anos sessenta eram personagens familiares como Gárgula, Mestre do Picadeiro, Homens Sapo e outros. O Líder e o Abominável foram estabelecidos por David, mas nenhum deles competiria com o maior vilão que o Hulk já conheceu: ele mesmo.

David buscou uma forma de botar frente a frente os dois Hulk's frutos do trauma de Banner - A encarnação verde e cinza lutaram pela supremacia na mente de Banner, na verdade eles se uniram em apenas uma personalidade. Na minissérie "Futuro Imperfeito", David introduziu o supervilão Maestro, uma versão de Banner distorcida do futuro que reinava na era pós-apocalíptica. Já no especial "O Fim", os últimas dias de Bruce Banner são narrados como o último homem da Terra, tentando superar sua transformação em Hulk para que ele finalmente possa morrer.

"Quando Peter David deixou o título as coisas nunca mais foram as mesmas. O status quo do Hulk foi quebrado para o bem, de uma forma que jamais aconteceria com nenhum outro herói."
(Al Ewing)


(A transformação continua)

Após tantas mudanças, o Hulk nunca permaneceria estático por muito tempo. Um escritor deveria se trazido para ressaltar a ideia de alguém perdendo o controle - perante a raiva, stress ou exposição aos raios gama - e sentindo-se como você se tornasse alguém completamente.

Com esses temas de transformações e identidades divididas que se encontram profundamente no DNA irradiado do Hulk, é natural as mudanças ocorridas no personagem ao longo das décadas, voltando ao histórico do Hulk com uma prospectiva assustadora, mas nós devemos celebrar essa mais nova mudança de natureza.

"Escritores e leitores estão reunidos aguardando as verdadeiras consequências em suas histórias, mudanças verdadeiras, criações e novos direcionamentos," diz Al Ewing. "Nós estabelecemos o Hulk como uma criatura do caos - e ainda assim, com uma localização única para entregar."

Fonte.


quinta-feira, 12 de julho de 2018

quarta-feira, 11 de julho de 2018

terça-feira, 10 de julho de 2018

Blog de trabalho de Al Ewing para "The Immortal Hulk".



A origem do Dr. Leonard Samson



Al Ewing Workblog.

O Imortal Hulk coloca Bruce Banner em um nível abaixo de inteligência.



Durante muito tempo, o Hulk foi explorado como uma fera destrutiva, o famoso "esmaga" do qual seus fãs tanto se orgulham. Mas as reviravoltas pós-Guerra Civil II acabaram mudando esse patamar, o Hulk ainda é capaz de esmagar, mas agora com o acréscimo de uma sabedoria fora do comum, o que o torna uma criatura muito mais amedrontadora.



O roteirista Al Ewing explora a sequela de Banner pós-Guerra Civil II na figura de um Hulk bastante astuto, capaz de exercer forte influência em seu alter ego, considerando que Banner não será capaz de resolver certas situações que exigiria o dom de sua sabedoria.



A segunda edição de "Immortal Hulk" foi bastante direta ao ponto de apresentar um Hulk absurdamente insano e um Banner impotente que é usado por um Hulk cujas motivações não terá a interferência de Banner.



Apesar de boa parte dos méritos do trabalho de Ewing se dar pelo conceito criado por Peter David anos atrás, eu me simpatizei mais com o Imortal Hulk do que com o Hulk Cinza de David que passaria a trabalhar em conjunto com outros personagens.



E para a alegria da galera, um pequeno dossiê das insanidades por parte desse Hulk:



























[Immortal Hulk #3] - Arte não finalizada de Garry Brown.





Garrybrownarte.

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Blog de trabalho de Al Ewing para "The Immortal Hulk".





O psiquiatra Dr. Leonard Samson.

Al Ewing Workblog.

sábado, 7 de julho de 2018

R.I.P. Steve Ditko.



Confira o trabalho do desenhista Steve Ditko em "Incredible Hulk #249" (inédito no Brasil) no quarto volume da Coleção Histórica do Hulk.

Blog de trabalho de Al Ewing para "The Immortal Hulk".





Uma vez Hulk, sempre Hulk!

Al Ewing Workblog.

terça-feira, 3 de julho de 2018